Coleção Ares N.º 31 - Contributos para o Planeamento Estratégico Militar: Metodologias e Ferramentas de Apoio (Vol. II)

Editorial

Este livro materializa os mais recentes contributos do Projeto de Investigação “O Planeamento Estratégico Militar: do Planeamento de Defesa Nacional ao Planeamento Militar”, que decorre no Centro de Investigação e Desenvolvimento, do Instituto Universitário Militar. Esta é terceira obra publicada no âmbito deste Projeto de Investigação. Anteriormente, foi publicado o livro “O Planeamento Estratégico Militar: adequação aos novos paradigmas de Segurança e Defesa” (n.º 18, da Coleção “ARES”) e a Parte III do livro “Estudos Estratégicos: da Estratégia, do Planeamento Estratégico Militar e da Conflitualidade” (n.º 14 da Coleção “ARES”). No decurso da investigação, foram desenvolvidos mais de três dezenas de Trabalhos de Investigação e de Artigos, foi realizado o Seminário Internacional “O Planeamento Estratégico Militar: adequação aos novos paradigmas de Segurança e Defesa” e organizadas as Jornadas de “Planeamento Estratégico Militar: metodologias e ferramentas de apoio”.
O planeamento estratégico, ao estar associado ao campo da estratégia, apresenta os traços característicos desta. Logo à partida pela existência de um outro (inimigo, adversário, competidor ou concorrente), que transporta para este processo a necessidade de antecipação da ação decorrente da “logica ilógica” do outro. O próprio ambiente onde decorre (ou poderá decorrer) a interação nós-outro ao ser volátil, incerto, complexo e ambíguo, como recorrentemente é classificado, em nada simplifica o planeamento estratégico. Bem pelo contrário! Acresce que, no atual ambiente estratégico, a ação do outro pode materializar-se das mais diversas formas, nem sempre dependentes da natureza desse mesmo ator.
A complexidade do planeamento estratégico é exponencialmente incrementada com a redução do tempo disponível, com a quantidade de informação e de processos envolvidos, assim como com o risco que lhe está associado, tanto maior quanto for o impacto das opções adotadas, quer nos interesses a preservar, quer nos objetivos a alcançar. 
Por outro lado, o desenvolvimento da ciência e da tecnologia ampliou os recursos passiveis de serem empregues numa iteração estratégica e, consequentemente, ampliou os recursos em que o planeamento estratégico se pode apoiar, através de novos e inovadores processos, métodos, técnicas e ferramentas.
O Almirante Silva Ribeiro enfatiza a importância da “seleção adequada dos estrategas completos, ou mestres na arte da estratégia” para a consecução dos objetivos nacionais. Neste sentido, o Instituto Universitário Militar, através do seu Ensino e Investigação, visa criar condições para o desenvolvimento daqueles que deverão ser “capazes de desempenhar as funções de líder estratégico, de praticante estratégico e de teórico estratégico”. E é neste contexto que se insere o Projeto de Investigação “O Planeamento Estratégico Militar: do Planeamento de Defesa Nacional ao Planeamento Militar”, pelas sinergias que criou entre esse Ensino e Investigação.
Este livro, foi estruturado em dois Volumes. O Volume I, ao debater, na sua Parte 1, os “Contributos Internacionais para o Planeamento Estratégico de Defesa”, traz à colação as implicações dos processos de planeamento estratégico das alianças que Portugal integra e, simultaneamente, as possibilidades que daí podem advir. As particularidades “Do Contexto e do Processo Nacional” (Parte 2 deste livro) são analisadas, com o enfoque na adequabilidade dos processos, das técnicas e das ferramentas utilizadas, em Portugal, para efetuar o planeamento estratégico. O Volume II, integra a Parte 3 deste livro que é intitulada “Da Edificação de Capacidades: Análise e Mensuração”. Esta parte resulta de um processo criativo, em que se aplicaram diversas técnicas e ferramentas para mensurar o estado de desenvolvimento de cada um dos vetores de desenvolvimento de uma capacidade militar, bem como o peso relativo desses mesmos vetores, colmatando desta forma uma das lacunas identificadas nas fases iniciais do Projeto de Investigação.
Em suma, este livro procura concorrer para o entendimento do ambiente em que decorre o planeamento estratégico em Portugal, e para a identificação de processos, métodos, técnicas e ferramentas que podem alavancar esse planeamento. É um passo no desenvolvimento das Ciências Militares e espera-se que seja um valioso contributo para os atuais e futuros estrategas e estrategistas.

Tenente-general Rafael Martins
Comandante do IUM

Artigos

Vetor de Desenvolvimento "Doutrina"

Resumo

Esta investigação apresenta como objetivo geral criar um quadro analítico, de base científica, de forma a permitir uma avaliação quantitativa do estado de implementação do VD doutrina no processo de edificação de uma capacidade. Para cumprir o objetivo geral, geraram-se os seguintes objetivos específicos (OE): OE1 - Identificar possíveis indicadores para a avaliação do VD doutrina; OE2 - Apresentar um modelo de mensuração com os indicadores do VD doutrina identificados.

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Doutrina, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Adérito Grazina Rodrigues
Avatar Pedro Manuel Monteiro Fernandes
Avatar Ricardo Jorge Parcelas Araújo e Silva
Avatar Sofia Vitoriano Saldanha Junceiro
 329 | 98
Vetor de Desenvolvimento "Organização"

Resumo

O estudo irá focar-se no VD Organização, inserido no processo de edificação de capacidades militares. Assim, o objeto de estudo é o processo de edificação de capacidades militares, de forma a identificar possíveis contributos que facilitem a avaliação do seu estado de desenvolvimento. A delimitação do objeto de investigação abrange os domínios temporal, espacial e concetual (Santos L. , et al., 2016), sendo que o estudo será delimitado à atualidade, às FFAA e ao VD Organização.

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Organização, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Jorge Vilares Cabana
Avatar Lucília de Jesus Mendes da Silva
Avatar Paulo Jorge Gonçalves Gomes
Avatar Raúl Carvalho Morgado
 300 | 91
Vetor de Desenvolvimento "Treino"

Resumo

Apesar das inovações tecnológicas, a guerra é, para já, um esforço inerentemente humano. Como tal, para aspirar a ter sucesso, a principal plataforma que as Forças Armadas precisam possuir é o Soldado. Para maximizar a atuação desta plataforma humana, as Forças Armadas precisam desenvolver profissionais de alta qualidade que possam cumprir a missão, agora e no futuro, independentemente do ambiente ou contexto operacional em que operam (Australian Army, 2018).
Assim, o objetivo geral deste estudo consiste em criar um quadro analítico, de base científica, que facilite a avaliação da condição de edificação de uma capacidade no Vetor de Desenvolvimento (VD) Treino, com aplicabilidade no processo de Planeamento de Forças português, devidamente alinhado pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Treino, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Jorge Miguel Sanches e Silva
Avatar Paulo Alexandre Martins Cardoso Soares
Avatar Vítor Martins Afonso Salgueiro
 282 | 84
Vetor de Desenvolvimento "Materiais"

Resumo

O presente trabalho tem como como objeto de estudo o vetor de desenvolvimento “materiais” do processo de edificação de uma capacidade militar. De acordo com o tema proposto, o objetivo geral (OG) desta investigação é: criar um modelo para avaliar o VD materiais de uma capacidade militar.

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Materiais, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Bruno Filipe Simões Ladeiro
Avatar Luís Miguel Rebola Mataloto
Avatar Paulo Jorge Oliveira Valente
Avatar Paulo Miguel dos Santos Gonçalves
 305 | 94
Vetor de Desenvolvimento "Liderança"

Resumo

O objetivo geral desta investigação é analisar como o vetor de desenvolvimento liderança pode ser mensurado no Processo de Planeamento de Forças (PPF) portuguesas, apresentando indicadores passíveis para sua avaliação, em diferentes níveis, visando a melhoria contínua desta componente. Nessa perspetiva, julga-se facilitar o desenvolvimento e o aperfeiçoamento desta capacidade militar.
Neste contexto, esta investigação procurará obter resposta para a seguinte questão: como é que o vetor de desenvolvimento liderança pode ser identificado e mensurado no PPF portuguesas?

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Liderança, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Antero de Aguiar Marques Teixeira
Avatar Flávio Luiz Lopes dos Prazeres
Avatar João Manuel Sena Janeiro
Avatar Miguel Ângelo Reis Alves Amorim
 299 | 86
Vetor de Desenvolvimento "Pessoal"

Resumo

A presente investigação tem como objeto de estudo o processo de edificação de uma capacidade militar, sendo a investigação delimitada ao ciclo de planeamento de defesa em vigor, relativo ao quadriénio 2014-2018 (domínio temporal), às FFAA (domínio espacial) e ao estudo do VD “Pessoal” (domínio conceptual).

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Pessoal, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar João Pedro Coixão dos Reis Bento
Avatar Jorge Emanuel Ferreira Louro
Avatar Ricardo Filipe da Silva Cortinhas
 295 | 84
Vetor de Desenvolvimento "Infraestruturas"

Resumo

Neste trabalho pretende-se identificar, através da criação de um quadro analítico, os critérios e os indicadores (IND) que permitem avaliar, num determinado momento, o estado ou condição do Vetor de Desenvolvimento (VD) infraestruturas (IE) de uma determinada capacidade (CAP). Desta forma, procura-se alcançar um método objetivo de avaliação, que evite subjetividades na análise, através da adoção de um sistema de IND cientificamente comprovado.

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Infraestruturas, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Bruno Miguel dos Santos Ribeiro
Avatar Itelvino de Jesus Brito Gomes
Avatar José Arlindo Varela Pereira
Avatar Miguel Ângelo de Jesus Cabrita
Avatar Pedro Álvaro Flores da Silva
 298 | 86
Vetor de Desenvolvimento "Interoperabilidade"

Resumo

O objetivo geral (OG) da investigação é criar um quadro de critérios e indicadores para o VD Interoperabilidade que avaliem o estado de implementação de uma capacidade militar. Com vista a alcançar esse OG formulou-se a questão central (QC): “Como medir o VD Interoperabilidade segundo um quadro de critérios e indicadores?”.

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Interoperabilidade, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Carlos Miguel Clemente Narciso
Avatar Diogo Lourenço Serrão
Avatar Nuno Gonçalo Jacinto Marçal
Avatar Nuno Miguel Oliveira Simões
 300 | 85
Importância Relativa dos Vetores de Desenvolvimento

Resumo

O presente estudo tem como Objetivo Geral (OG) identificar a importância relativa de cada um dos Vetores de Desenvolvimento (VD) que concorrem para a edificação de uma capacidade.

Palavras-chave

Vetores de Desenvolvimento, Edificação de Capacidades Militares.

Autor(es) (*)

Avatar Carlos Filipe Henriques Pereira
Avatar Elton Roque Feliciano
Avatar Jorge Manuel Martins Magalhães
Avatar Pedro Miguel Gonçalves Pereira
 309 | 91

(*) NOTA: A ordem alfabética de apresentação dos autores pode não corresponder à ordem formal que se encontra no artigo.