Apresentação da Revista de Ciências Militares

A Revista de Ciências Militares (ISSN: 2183-0835) é uma revista científica internacional com revisão por pares em sistema de duplo anonimato, publicada semestralmente (em maio e novembro), da responsabilidade do Instituto Universitário Militar, que detém o copyright, e está disponível em Revista de Ciências Militares (ium.pt).

A Revista de Ciências Militares é publicada em duas versões. Uma versão digital bilingue (português e inglês), e uma versão impressa, que contém os artigos no idioma original em que foram submetidos (português ou inglês). 

A Revista de Ciências Militares não cobra qualquer tipo de taxa, não paga aos autores pelos artigos nem aos revisores pelas suas revisões, e não tem quaisquer fins comerciais, de marketing direcionado e/ou de publicidade.

A Revista de Ciências Militares, ao publicar artigos científicos de comprovada qualidade, pretende tornar-se um fórum de reflexão, debate e divulgação de produção académica, científica e de investigação reconhecido internacionalmente. 

A Revista de Ciências Militares é uma revista internacional de comprovada qualidade no domínio das Ciências Militares, destinada a investigadores e académicos, bem com a toda a comunidade global.

Declaração de Acesso Livre: A Revista de Ciências Militares é uma publicação de acesso livre. O texto completo dos manuscritos publicados na revista está disponível para consulta e download sem quaisquer encargos.

257 | 135

Revistas publicadas

74 | 45

História

A Revista Portuguesa de Ciências Militares é uma revista académica/científica, publicada pela primeira vez em 2013, pela Escola Superior de Guerra Portuguesa, depois denominada Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM), e, a partir de 2015, rebaptizada Instituto Universitário Militar (IUM).

O Instituto Universitário Militar é uma instituição de ensino superior militar sob a autoridade direta do Chefe de Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas.

A missão do Instituto Universitário Militar compreende o ensino, investigação, cooperação e intercâmbio, juntamente com atividades de apoio à comunidade, prevendo a preparação de oficiais e sargentos das Forças Armadas e da Guarda Nacional Republicana, permitindo-lhes o exercício das funções atribuídas a postos superiores, tal como impulsionadas pela lei, proporcionando as competências necessárias para essas funções, através do desenvolvimento para o exercício da gestão, liderança, oficial do estado-maior e comando.

O Instituto Universitário Militar integra as Unidades Universitárias Autónomas: Escola Naval, Academia Militar (Exército) e a Academia da Força Aérea, cada uma delas dependendo hierarquicamente do respetivo Chefe de Estado-Maior.

O Instituto Universitário Militar compreende também o Departamento de Pós-Graduação, o Centro de Investigação e Desenvolvimento e a Unidade Politécnica Militar composta pelos Departamentos Politécnicos dos ramos das Forças Armadas e da Guarda Nacional Republicana, que têm como objetivo ensinar os sargentos.

A organização do Ensino Superior Militar e o estatuto da IUM foram aprovados pelo decreto 249/2015. A criação do IUM substituiu o Instituto de Estudos Superiores Militares, criado em 2005, que herdou os três antigos institutos de ensino superior que no passado proporcionavam preparação em cursos de carreira e outros cursos avançados a oficiais das Forças Armadas: Instituto Superior Naval de Guerra (Marinha), o Instituto de Altos Estudos Militares (Exército) e o Instituto de Altos Estudos da Força Aérea (Força Aérea).

A revista está (em papel e em formato digital) de acordo com critérios científicos e metodológicos e em tempo, a partir do seu primeiro número, o formato digital da Revista Portuguesa de Ciências Militares tornou-se bilingue (português/inglês), ou seja desde Maio de 2015 e indexado à SciElo desde 2017.

9 | 6

Direção Editorial e Conselho Consultivo

Responsibilidades do Editor / Direção Editorial

A informação sobre o Editor / Direção Editorial, cujos membros são especialistas reconhecidos nos temas/áreas de publicação, está disponível em cada edição.

O Editor / Direção Editorial da Revista de Ciências Militares é responsável por:

  1. Realizar a primeira revisão dos manuscritos submetidos e selecionar os artigos científicos / manuscritos submetidos à Revista de Ciências Militares a serem publicados, mediante:
    1. A sua conformidade com as regras de autor e de formatação dos artigos, elencadas em Regras de Autor do IUM, 3.ª ed., revista e atualizada (disponível em IUM Atualidade N.º07 - (3.ª Ed., rev. e atualizada) - Regras e Normas de Autor no IUM.pdf). 
    2. A adoção de medidas que assegurem que os artigos são “livres de plágio”. Todos os manuscritos são verificados através de um software de deteção de inconformidades. Os manuscritos que não respeitem este requisito legal e académico serão rejeitados. Situações em que haja suspeita de más práticas ou má conduta serão encaminhadas de acordo com as indicações do Comité sobre Ética na Publicação (COPE – Committee on Publication Ethics flowcharts, disponível em Full set of flowcharts.pdf (publicationethics.org)).
    3. Os direitos de autor e de edição: Instituto Universitário Militar. A publicação dos manuscritos submetidos está sujeita à autorização do Editor da Revista de Ciências Militares.
    4. A opinião favorável de dois revisores externos, em sistema de duplo anonimato. Os artigos aceites podem ser classificados como “Sim, sob a forma atual” ou “Sim, sofrendo algumas correções”.
    5. Uma avaliação imparcial do manuscrito baseada exclusivamente na sua relevância intelectual, científica e adequação à área das ciências militares, independentemente das caraterísticas e origens do(s) autor(es) (incluindo raça, etnia, género, orientação sexual, posto militar, etc.). 
  2. Esclarecer todas as partes envolvidas no processo de publicação sobre o processo de revisão por pares e sobre o que é esperado, nomeadamente, informação específica para:
    1. Autores, disponível em: 
      1. Declaration-of-honor_Submission-to-Portuguese Journal of Military Sciences.pdf (ium.pt);
      2. Identification-Form-article-author.pdf (ium.pt)
      3. Call for papers – Portuguese Journal of Military Sciences (ver separador respetivo); e
      4. IUM Atualidade N.º07 - (3.ª Ed., rev. e atualizada) - Regras e Normas de Autor no IUM.pdf.
    2. Revisores, disponível em:
      1. For Reviewers – Portuguese Journal of Military Sciences (ver separador respetivo);
      2. Portuguese-Journal-of-Military-Sciences_Reviewer-file.pdf (ium.pt); e
      3. IUM Atualidade N.º07 - (3.ª Ed., rev. e atualizada) - Regras e Normas de Autor no IUM.pdf 
  3. Assegurar que o processo de revisão por pares em regime de duplo anonimato é justo, equitativo e imparcial, bem como garantir a confidencialidade de informações delicadas, como a identidade do(s) autor(es) durante o processo de revisão e a identidade dos revisores.
  4. Assegurar a seleção adequada dos revisores (exclusivamente com base nos seus conhecimentos, competências, área de conhecimento e outros critérios relevantes, bem como a sua disponibilidade, tendo em conta os prazos de publicação).
  5. Criar e atualizar uma base de dados de revisores de acordo com o seu desempenho.
  6. Criar uma lista de manuscritos submetidos a revisão por pares e aceites, organizada de acordo com a data em que foram submetidos e aceites para publicação. 
  7. Garantir:
    1. A publicação de pedidos de desculpas, elucidações, retrações, correções e alterações, sempre que necessário;
    2. Que o editor só utilizará conteúdos de manuscritos submetidos que não tenham sido publicados com a autorização expressa dos autores. 

 

Editor / Direção Editorial 

O Editor / Direção Editorial da Revista de Ciências Militares é composta pelos seguintes membros:

Diretor: Tenente-general António Martins Pereira (Comandante do Instituto Universitário Militar)

Editor-chefe: Coronel Delfim Zambujo das Dores (PhD) (Chefe do Centro de Investigação e Desenvolvimento)

Coordenadora Editorial: Tenente-coronel Cristina Paula de Almeida Fachada (PhD) (Chefe do Núcleo Editorial)

Secretariado: Gisela Cristina da Rocha Basílio

 

Conselho Consultivo

O Conselho Consultivo da Revista de Ciências Militares é composto por especialistas reconhecidos nos tópicos / área de publicação da Revista. Consulte a lista dos membros na última revista editada.

O Conselho Consultivo é responsável por:

  1. Dar pareceres sobre a revisão dos manuscritos submetidos.
  2. Dar pareceres sobre as políticas e áreas abordadas na revista.
  3. Identificar temas para edições especiais, que poderão ser convidados a editar.
  4. Convidar novos autores a submeter manuscritos.
  5. Divulgar a revista junto de colegas e pares.
  6. Auxiliar os editores na tomada de decisões sobre diferentes questões, incluindo alegações de plágio e situações em que os revisores não consigam chegar a acordo.

 

8 | 6

Para Autores

Responsabilidades dos autores 

Os Autores que submeterem manuscritos à Revista de Ciências Militares comprometem-se a:

  1. Assegurar, pela sua honra que:
    1. Os conteúdos são originais e autênticos;
    2. As publicações e citações de outros autores são devidamente citadas, creditadas e incluídas na bibliografia;
    3. Os conteúdos submetidos não são copiados nem plagiados, mas sim resultado da investigação e análise dos dados utilizados, e são uma representação exata, verdadeira e objetiva do trabalho realizado;
    4. O manuscrito não foi submetido a outra publicação, e não foi (nem será) publicado total ou parcialmente por outra publicação;
    5. O manuscrito submetido é acompanhado da declaração de originalidade totalmente preenchida (que se encontra na Declaração de Honra disponível abaixo).
  2. Identificar a autoria do manuscrito:
    1. Incluindo os dados de afiliação.
    2. Quando aplicável, assegurando que todas as partes envolvidas no planeamento, conceção, produção e / ou análise dos dados são devidamente creditadas como coautores, e que todas as partes estão devidamente informadas e aprovam o processo de submissão;
    3. Fazendo acompanhar a sua submissão da ficha de identificação do artigo / autor (disponível em abaixo), que deve ser preenchida na totalidade).
  3. Tomar conhecimento da política editorial da Revista de Ciências Militares apresentada neste portal, designadamente:
    1. Que os manuscritos submetidos:
      1. Devem cumprir com as Regras de Autor do IUM (disponíveis em IUM Atualidade N.º07 - (3.ª Ed., rev. e atualizada) - Regras e Normas de Autor no IUM.pdf). Uma primeira seleção/revisão será realizada pela Direção Editorial; 
      2. Caso não cumpram com as normas e os princípios de publicação, serão devolvidos aos autores com a seguinte informação:
        1. Uma lista das correções necessárias, ou
        2. A indicação de que o manuscrito foi rejeitado. As possíveis causas para a rejeição de um manuscrito poderão incluir a não conformidade com:
          1. O código de ética da publicação, princípios e responsabilidades da Revista de Ciências Militares, e/ou
          2. As normas de formatação da Revista, e/ou
          3. O âmbito da Revista, e /ou
          4. O contributo para conhecimento científico na área relevante.
      3. São submetidos a um software antiplágio, a fim de detetar eventuais inconformidades. Os manuscritos que violem os requisitos legais e académicos serão imediatamente rejeitados. Situações em que haja suspeita de más práticas ou má conduta serão encaminhadas de acordo com as indicações do Comité sobre Ética na Publicação (COPE – Committee on Publication Ethics flowcharts, disponível em Full set of flowcharts.pdf (publicationethics.org)).
    2. Dos direitos de autor e de edição. Os autores dos manuscritos publicados concedem ao IUM, através de uma licença não exclusiva, o direito de publicar o manuscrito sob qualquer formato e de o incluir no Repositório Institucional do IUM. Esta autorização não impede os autores de o divulgarem através de outros repositórios de Acesso Aberto.
    3. Que os manuscritos aceites após o processo de avaliação suprarreferido são submetidos a revisão por pares em sistema de duplo anonimato, e poderão ser classificados como: “Sim, sob a forma atual”; “Sim, sofrendo algumas correções”; “Não deve ser publicado”.
    4. Que se o artigo for aceite, os autores são notificados através de um email, que incluirá um anexo com os comentários e sugestões dos revisores. Quando aplicável, os autores poderão (re)submeter os manuscritos alterados após consultarem os relatórios dos revisores ou editores. Seguidamente, os manuscritos serão reavaliados pelos editores e revisores. Caso:
      1. Não tenham sido efetuadas as devidas correções, o manuscrito será rejeitado.
      2. O artigo tenha sido corrigido de forma adequada, será submetido a novo processo de revisão. 
    5. Que, na sua qualidade de autores, têm o direito de discordar do relatório da revisão por pares, e poderão informar o Editor / Direção Editorial das razões da discordância e / ou optar por não prosseguir com o processo de submissão.
    6. Que, na sua qualidade de autores, não são pagos, nem lhe são cobradas taxas para submeter artigos ou publicá-los na Revista de Ciências Militares
    7. Que a submissão deve ser acompanhada da Declaração de Honra (disponível abaixo) devidamente preenchida e assinada.
  4. Informar os editores da Revista de Ciências Militares de qualquer imprecisão ou inexatidão no manuscrito submetido e colaborar na sua rápida retificação.
  5. Informar os editores de qualquer conflito de interesse (financeiro ou outro) que possa influenciar os resultados ou a análise do manuscrito, e indicar todas as fontes de financiamento.
  6. Ter um comportamento isento, livre de plágio, má-fé, fraude, ilegalidades, descuido ou que possa ser considerado antiético. 
27 | 10

Para Revisores

Responsabilidades dos revisores

Todos os manuscritos que completarem a primeira fase do processo de avaliação pelo Editor / Direção Editorial serão submetidos a revisão por pares em sistema de duplo anonimato.

Os Revisores são académicos e/ou especialistas reconhecidos nas áreas temáticas abordadas na Revista / artigo, não fazendo parte da Direção Editorial ou do Conselho Consultivo da Revista. São responsáveis por:

  1. Indicar a sua afinidade científica com o conteúdo do artigo e a sua disponibilidade para efetuar a revisão dentro do período definido.
  2. Recusar imediatamente a revisão de um manuscrito que entre em conflito com os seus interesses, ou de uma eventual ligação aos autores ou a instituições relacionadas com o artigo.
  3. Informar o Editor / Direção Editorial sobre qualquer violação de direitos de autor ou infração, bem como plágio por parte dos autores.
  4. Assegurar que o manuscrito, bem como os dados e ideias nele contidos, são tratados como um documento confidencial e não são utilizados para benefício pessoal, independentemente de terem aceitado / declinado participar na sua revisão.
  5. Auxiliar o Editor / Direção Editorial na tomada de decisões editoriais fiáveis.
  6. Auxiliar os autores, através do Editor / Direção Editorial, na melhoria do manuscrito, quando necessário.
  7. Estar cientes de que os artigos são avaliados através de um processo de revisão por pares em sistema de duplo anonimato.
  8. Tomar conhecimento da política editorial da Revista de Ciências Militares (disponível abaixo), designadamente de que:
    1. Podem recusar-se a rever um manuscrito (caso haja um conflito de interesses, não se identifiquem com os conteúdos, etc.).
    2. No caso de aceitarem rever um artigo devem:
      1. Ser objetivos e justos na sua avaliação;
      2. Substanciar a avaliação de forma clara, assertiva e com argumentos que apoiem as suas observações; 
      3. Preencher o formulário de avaliação e classificá-lo como: “Sim, sob a forma atual”, “Sim, sofrendo algumas correções” ou “Não deve ser publicado”; 
      4. Elaborar todas as observações de forma clara e substanciá-las com evidências, a fim de ajudar os autores a melhorar o artigo. 
      5. Preencher a ficha de revisor (disponível abaixo);
    3. Têm direito, quando o solicitarem, a receber um documento formal que indique a sua contribuição.
    4. O Editor / Direção Editorial poderá pedir aos revisores que reavaliem o artigo.
    5. O Editor / Direção Editorial reserva-se o direito de rejeitar revisores, caso tal se justifique.
    6. Como se trata de um processo de revisão em sistema de anonimato, a sua identidade nunca é revelada.
    7. Não são pagos pela revisão científica que realizarem.
10 | 6

Ética e práticas indesejadas

Declaração de Ética e Boas Práticas de Publicação

A Revista de Ciências Militares compromete-se a não aceitar conteúdos que não respeitem os princípios da transparência e legalidade na investigação científica e da ética de publicação. 

A Revista de Ciências Militares respeita os princípios de integridade, rigor, exatidão, seriedade, transparência, cuidado e respeito por todos os participantes no processo de investigação científica, a autenticidade, honestidade e originalidade da produção científica e académica que publica, bem como o seu contributo para o conhecimento no domínio das Ciências Militares. 

A Revista de Ciências Militares respeita os princípios da Declaração de Ética e Boas Práticas de Publicação, que se baseia no Código de Conduta e Normas de Boas Práticas para Editores de Revistas do Comité sobre Ética na Publicação – COPE (disponível em COPE: Committee on Publication Ethics | Promoting integrity in scholarly research and its publication).

A Revista de Ciências Militares respeita os mais rigorosos princípios éticos da Cambridge University Press, em conformidade com as diretrizes e orientações do Comité sobre Ética na Publicação (COPE), nomeadamente: 

«Quem tenha razões para acreditar que a investigação publicada por [a Revista de Ciências Militares] não foi realizada em conformidade com [...] os princípios suprarreferidos, deve enviar essa informação ao respetivo editor ou endereço de correio eletrónico. [Ademais,] não serão tolerados comportamentos ou correspondência de teor abusivo dirigidos a qualquer pessoa envolvida no processo de publicação, diretamente ou em nosso nome. Se qualquer pessoa que participe no processo de publicação tiver comportamentos deste tipo, reservamo-nos o direito de tomar medidas para proteger as partes afetadas. Estas medidas poderão incluir, por exemplo, a recusa de um manuscrito já submetido ou a contestação de comentários claramente abusivos por parte de revisores.»

Todas as partes envolvidas no processo editorial (especificamente, editores, autores, revisores e a própria editora) devem concordar com todos os princípios aqui apresentados, que podem ser consultados em Ethics and Malpractice – Portuguese Journal of Military Sciences.

Os conteúdos publicados na Revista de Ciências Militares expressam as opiniões científicas pessoais dos seus autores e são da sua exclusiva responsabilidade, e não refletem necessariamente as opiniões institucionais e oficiais do Instituto Universitário Militar, que edita a Revista.

9 | 4

Calendário e «Call for papers»

Calendário de publicação e call for papers

A Revista de Ciências Militares aceita submissões de manuscritos relevantes para as Ciências Militares e áreas relevantes, com o objetivo de analisar questões relacionadas com a segurança e defesa, nomeadamente: Estratégia Militar, Conflitos Armados; Operações Militares; Comportamento Humano; Liderança, Técnicas e Tecnologias Militares e História Militar. 

As candidaturas deverão ser submetidas até:

  • 28/29 de fevereiro – edições de maio;
  • 31 de agosto – edições de novembro.

A Revista de Ciências Militares aceita manuscritos redigidos em português e inglês. Os manuscritos redigidos em português serão traduzidos para inglês por um tradutor profissional. A versão em inglês do manuscrito traduzido será enviada ao autor para validação. O manuscrito traduzido só será publicado na Revista de Ciências Militares após validação pelo autor e aprovação pelo Editor.

Os manuscritos elaborados de acordo com as regras de conduta ética e boas práticas descritas no presente documento devem ser submetidos através do seguinte endereço de correio eletrónico revistacienciasmilitares@ium.pt.

Todos os manuscritos serão submetidos a um processo de revisão por pares. A Revista de Ciências Militares não garante prazos curtos para a revisão por pares, nem a aceitação dos manuscritos.

9 | 4

Contactos

Instituto Universitário Militar

Rua de Pedrouços, 1449-027 Lisboa, Portugal

Phone (+315) 213 002 100

Fax: (+351) 213 002 162

Email: revistacienciasmilitares@ium.pt

Internet: https://www.ium.pt

5 | 2