IUM Atualidade N.º 25 - As Relações UE-África

Editorial

O Instituto Universitário Militar (IUM) levou a efeito um webinar dedicado especificamente à reflexão político-estratégico-operacional sobre o envolvimento da UE e de Portugal na nova relação UE-África nos diversos domínios de ação, com especial atenção para a defesa e segurança.

Artigos

As Relações Portugal-África: Razões do Presente para a Existência de um Futuro

Resumo

O tema proposto para esta intervenção é tão vaso como África em si mesma: as relações Portugal-África constituem uma realidade multifacetada e abrangente, podendo ser abordadas numa multiplicidade de perspetivas, pelo que se torna necessário delimitar o tema explicitando um foco que permita uma reflexão útil.
[…]
Nesta intervenção, procuramos ter uma abordagem integrada, com foco nessa relação que se construiu estratégica, mas que radica em realidades históricas e socioculturais que a aprofundam e cumulam de significados mais vastos, consolidando-a no tempo para lá - e, por vezes, apesar - das relações e opções político-diplomáticas que se tornam mais ou menos conjunturais na escala larga do horizonte temporal em que aquela relação se desenvolve.

Palavras-chave

Portugal, Africa, Relações, Cooperação.

Autor(es) (*)

Avatar Sónia Ribeiro
 290 | 79
União Europeia-África: Ponto da Situação e Notas sobre o Futuro da Parceria Estratégica

Resumo

A atenção dos europeus para com África não é nova, assim como nunca foi absoluta a separação entre ambas as margens do Mediterrâneo. Muito antes de o conceito de Europa, aliado ao de Cristandade, ter vingado e se ter afirmado, ambos os lados comerciaram, conheceram-se e alimentaram-se mutuamente de bens e de cultura, não sendo completos desconhecidos.
Ainda assim, para lá das margens e dos portos mediterrâneos, ficaram ocultas outras realidades que as navegações portuguesas contribuíram para revelar. Portugal teve presença político-militar no continente africano de 1415 a 1975 e a alteração dessa circunstância limitou, mas não tolheu na sua integralidade, a proximidade e o conhecimento que ainda detém.

Palavras-chave

União Europeia, África, Relações, Cooperação.

Autor(es) (*)

Avatar João Vacas
 291 | 85
Relações UE-África, numa Perspetiva de Reciprocidade de Vantagens

Resumo

A título introdutório à minha intervenção neste fórum, gostaria de sublinhar que: 
- As afinidades histórico-morais entre europeus e africanos e a tradição secular de trocas comerciais entre a Europa e a África explicam o interesse estratégico da União Europeia relativamente à África e vice-versa;
- A União Europeia, como espaço societal e como sistema político, constitui um exemplo salutar no sistema mundial e, obviamente, em África;
- É significante o esforço que a União Europeia desenvolve para integrar a África no comércio internacional e na prospetiva relacional internacional a nível global;
- É esperançosa a parceria securitária da União Europeia com a África, na medida em que pode contribuir hodiernamente para a democratização e a cidadania em África;
- Portugal, no seio da União Europeia e também bilateralmente, pode ajudar a viabilizar e a agilizar a filosofia da União Europeia para a África e as aspirações das sociedades africanas ao desenvolvimento.

Palavras-chave

União Europeia, África, Relações, Cooperação.

Autor(es) (*)

Avatar Francisco Fadul
 292 | 81
As Relações entre a União Europeia e África: os Desafios Securitários

Resumo

Abordar as relações entre a União Europeia (UE) e o continente africano sem tratar as questões securitárias seria ignorar uma importante dimensão desse relacionamento, uma vez que, também aqui, a geografia impões a sua soberania, dada a proximidade entre os dois espaços. A essa ligação (geográfica) deve ser ainda somada a proximidade cultural e histórica entre os seus povos, que motiva uma permanente interdependência a vários níveis, onde se incluem os desafios securitários.
É sobre estes desafios que nos propomos concentrar. Fazemo-lo com a consciência não só da dimensão deste tema, mas sobretudo cientes da heterogeneidade que cada desafio comporta, quando analisamos as diferentes regiões africanas. A visão que apresentamos é sobretudo centrada a partir da Europa e na forma como a UE identifica os diferentes desafios securitários, analisando algumas das políticas e estratégias adotadas nos últimos anos. Para tal, vamos focar-nos em quatro espaços geográficos distintos: Norte de África, Sahel, Golfo da Guiné e Corno de África.

Palavras-chave

União Europeia, África, Relações, Cooperação, Segurança, Imigração, Terrorismo.

Autor(es) (*)

Avatar Marco António Ferreira da Cruz
 287 | 74

(*) NOTA: A ordem alfabética de apresentação dos autores pode não corresponder à ordem formal que se encontra no artigo.