Cadernos do IUM N.º 49 - A Vulnerabilidade em Infraestruturas Críticas: Um modelo de análise.

Artigos

A Vulnerabilidade em Infraestruturas Críticas: Um Modelo de Análise

Resumo

A análise de vulnerabilidade é um aspeto fulcral para o desenvolvimento de metodologias que permitam a definição de níveis de proteção em infraestruturas críticas. Ao longo da investigação procurou-se discutir o conceito de vulnerabilidade e as metodologias e processos para a sua avaliação em infraestruturas críticas face à ameaça terrorista, com particular foco no desenvolvimento de um modelo de análise, explorando um método de apoio à decisão multicritério, de forma a ser possível limitar os riscos na máxima extensão possível. Através de uma metodologia de investigação qualitativa, na qual se aplicou um modelo de análise assente nas dimensões Ameaça e Infraestrutura e nos seus respetivos fatores, verifica-se que a vulnerabilidade de uma infraestrutura crítica consiste na probabilidade de sucesso de um ataque, por parte de uma ameaça - devidamente identificada, caraterizada, analisada e categorizada – contra uma infraestrutura com determinadas caraterísticas, as quais definem o seu valor para o utilizador e para o agressor. A criação de um modelo algorítmico de análise da vulnerabilidade, complementado por ferramentas de registo e de cálculo, permite, através de um processo racional, científico e algébrico, transformar uma análise qualitativa de fatores, em valores mensuráveis, quantificáveis e cuja operação algébrica os integra num resultado final que expressa, em valor de percentagem, o grau de vulnerabilidade de uma infraestrutura crítica perante uma ameaça terrorista.

Palavras-chave

Vulnerabilidade, infraestrutura crítica, terrorismo, modelo de análise, Macbeth.

Autor(es) (*)

Avatar António Carlos dos Santos Ferreira
 331 | 77

(*) NOTA: A ordem alfabética de apresentação dos autores pode não corresponder à ordem formal que se encontra no artigo.