Gabinete de Avaliação e Qualidade

“Se existem organizações onde a cultura organizacional é bem patente, um bom exemplo é seguramente a Instituição militar. Neste particular, o IUM, é guardião e herdeiro das tradições, símbolos, valores, normas e hábitos de atuação, que resultam de um longo processo histórico e cultural, que o singulariza na sociedade ao longo dos tempos e que importa assegurar e valorizar” (PEIUM 2017-19). Para o cabal cumprimento da sua missão são definidos um conjunto de 4 Valores que se constituem como pilares da atuação diária e permanente: Cultura Militar e valores castrenses; Rigor na ação; Inovação permanente (construtiva e criativa) e a Qualidade no ensino, na investigação e nos processos internos. No âmbito da qualidade, esta deve estar corporizada e evidenciada na exigência permanente, na busca continuada e sustentada pela excelência, norteada pelos princípios de integridade, liberdade, responsabilidade académica e coragem moral.

Cumprindo estas linhas de orientação estratégicas, para o GAQ do IUM, os processos relativos à gestão e garantia da qualidade do ensino, da investigação e do apoio a docentes e discentes, não constituem um fator opcional, mas sim uma exigência e um requisito de elevada importância.

Neste contexto o GAQ tem prosseguido os trabalhos tendentes a consolidar a sua política de qualidade, ancorado no lema: “construir uma cultura de garantia da qualidade, desenvolver e pôr em prática uma estratégia para a melhoria contínua de qualidade”. Esta política é vertida para a prática, através de 3 linhas de atuação: Concentrar esforços de integração e alinhamento das ações desenvolvidas ao nível dos Gabinetes da Qualidade das UOA; Incrementar e envolver as partes na divulgação do SIGQ e na execução das tarefas preconizadas, visando fomentar uma cultura da qualidade na Instituição; Divulgar e mobilizar as partes interessadas (docentes; discentes e órgãos de apoio) para o designado Fórum Qualidade do IUM, na plataforma Moodle, uma estrutura informal para reflexões sobre qualidade no IUM, nas suas diversas vertentes.

Em resumo, devemos estar cientes que as questões e os processos de qualidade e de melhoria contínua dizem respeito a todos e precisam dos contributos de todos, para melhor cumprirem os seus desígnios.

Conteúdos:

Manual da Qualidade

Avaliação Externa

Visit lbetting.co.uk how to sing-up at ladbrokes