Outras Publicações

A Posição de Angola na Arquitetura de Paz e Segurança Africana

A Posição de Angola na Arquitetura de Paz e Segurança Africana: Análise da Função Estratégica das Forças Armadas Angolanas. Autor: Luís Bernardino. 2013

No atual contexto geopolítico africano, a República de Angola tem vindo a desenvolver, após o atribulado processo de construção da paz, um paradigma de desenvolvimento interno e de afirmação regional e continental, em que as Forças Armadas Angolanas, para além de terem assegurado a transição da guerra para a paz, se constituem no instrumento central da Política Externa de Angola. 

Passados mais de trinta anos dos Acordos de Bicesse e dez anos dos Acordos de Luena, as Forças Armadas de Angola representam a charneira que manteve a coesão interna e que vêm atuando crescentemente como elemento ativo da Política Externa de Angola na região, nomeadamente no seio da Arquitetura de Paz e Segurança Africana, constituindo-se num modelo de desenvolvimento pela afirmação da paz e da segurança, instrumento central do apoio ao desenvolvimento sustentado e vetor de afirmação de Angola no contexto regional e em África para o século XXI.

Visit lbetting.co.uk how to sing-up at ladbrokes